Arquivo da categoria: Perguntas frequentes

O que já sabemos (até agora) sobre "Random Access Memories" (atualizado)

Nos últimos dias fomos bombardeados por diversas notícias sobre o novo álbum do Daft Punk e por falta de tempo ficou  difícil o blog acompanhar o ritmo em que essas informações vão sendo divulgadas. Por este motivo, resolvi juntar em um único post tudo o que já sabemos sobre o novo álbum, já carinhosamente apelidado de RAM. Assim ninguém (principalmente quem vos escreve) fica perdido.

Random Access Memories


Data de lançamento: 

21 de maio de 2013. 
O álbum já está disponível para pré-venda no iTunes (mídia digital), no Myplay Direct (vinil e cd), no Amazon e aqui no Brasil pela Livraria Cultura.

Porém, o Daft Punk escolheu uma feira agrícola numa cidadezinha da Austrália para fazer um show  e tocar as músicas do novo álbum, quatro dias antes do disco. Veja mais detalhes aqui.

E quem disse que eles não estariam no Coachella deste ano? No segundo dia do festival (comecinho da madrugada do dia 13) um vídeo com o Daft Punk, Nile Rodgers e Pharrell cantando “Get Lucky” foi exibido nos telões. Segundo a Rolling Stone, eles estavam no setor vip do festival e ao ver a reação da galera, o Thomas e Pharrell deram um Hi5. Aliás, o site está com uma matéria incrível, onde os Dafts contam mais detalhes sobre a produção de RAM. Confira!

E o vídeo foi vinculado também no intervalo do SNL:

Ainda estamos com esperança de que o álbum vaze antes. Mesmo assim, é bom, ficar de olho no contador pra gente não esquecer a data.

Faixas:

Alguns dias antes da confirmação do lançamento de RAM, foi descoberto no PPL (serviço de registro de músicas tocadas publicamente) o registro de 13 músicas pelo Daft Punk pela Sony Music. As faixas não foram intituladas, apenas constando o nome genérico “track 1”, “track 2” e por aí vai. 
Após a confirmação do lançamento, confirmou-se também que os registros de fato se tratavam nas tracks que irão compôr RAM, assim como o seu tempo de duração.

Andava circulando nas redes sociais uma lista com o possível nome das faixas e seus respectivos colaboradores. A faixa “Get Lucky” mostrou-se verdadeira após o vídeo exibido no Coachella. No dia 16 de abril tivemos a confirmação definitiva de que a lista era verdadeira. Os sites que estão fazendo a pré-venda já atualizaram as tracks com os seus respectivos nomes e o próprio Nile Rodgers compartilhou a lista.

1. “Give Life Back to Music” (featuring Nile Rodgers)
2. “The Game of Love”
3. “Giorgio by Moroder” (featuring Giorgio Moroder)
4. “Within” (featuring Chilly Gonzales)
5. “Instant Crush” (featuring Julian Casablancas)
6. “Lose Yourself to Dance” (featuring Pharrell Williams and Nile Rodgers)
7. “Touch” (featuring Paul Williams)
8. “Get Lucky” (featuring Pharrell Williams and Nile Rodgers)
9. “Beyond”
10. “Motherhood”
11. “Fragments of Time” (featuring Todd Edwards)
12. “Doin’ It Right” (featuring Panda Bear)
13. “Contact” (featuring DJ Falcon)

O primeiro single, Get Lucky, foi lançado oficialmente na madrugada do dia 19/04. Como diz a música, “ficamos a noite toda acordados para ter sorte”. E tivemos! A faixa já conquistou o primeiro lugar nos principais sites de streaming. Confira a versão rádio:


Parcerias:

Confesso que ao elencar os nomes dos artistas que estão envolvidos na produção de RAM, uma grande ansiedade tomou conta de mim enquanto tentava buscar mais informações sobre eles, pois são nomes de peso, que já trabalharam com grandes artistas e contribuíram muito para a música mundial.

No final do vídeo exibido no Coachella aparece o nome dos colaboradores. Julian Casablancas era o único que ainda esperava confirmação.

Aconselho que enquanto estiver lendo o post, escute as músicas dos vídeos. Assim aumentará a expectativa do que iremos escutar no dia 21/05:

  • Nile Rodgers: seu trabalho mais notado foi como guitarrista do grupo de disco music Chic. Também é produtor e já produziu hits de grandes artistas, como Madonna, David Bowie e Duran Duran. 

  • Giorgio Moroder: músico e produtor italiano que inovou a disco music fazendo bastante uso de sintetizadores, e desta forma abriu caminho para o surgimento da atual dance music. Uma lenda viva. Já trabalhou com nomes de peso como Donna Summer e David Bowie.

  • Paul Williams: músico e compositor norte americano. Seus trabalhos mais conhecidos são as composições para filmes dos Muppets. Além disso, também fazem parte do seu currículo composições que viraram clássicos do The Carpenters, Barbra Streinsand e Three Dog Night. 
  • Panda Bear: na verdade, trata-se de Noah Lennox, um dos membros do Animal Collective. Seus trabalhos tem uma pegada mais experimental e psicodélica.


  • Chilly Gonzalez: pianista velho conhecido nosso, principalmente pelo cover que ele fez ao piano de Something about us. Gonzales já trabalhou com Feist, Peaches, Drake. 

  • Pharrell: o rapper ficou mais conhecido com os seus trabalhos relacionados à black music. Está envolvido em diversos projetos, como o The Neptunes e o N.E.R.D., cuja a track Hypnotize U foi produzida pelo Daft Punk. No episódio 4 da série The Collaborators, Pharrell conta que queria trabalhar com os robôs de qualquer jeito, nem que fosse tocando tamborim. Bom, tamborim ele não toca, mas canta duas faixas em RAM.



  • Todd Edwards: outro DJ e produtor americano, um velho conhecido dos Dafts. Ele já colaborou ao co-produzir e cantar a track Face to face.  O curioso é que o nome dele surgiu como possível colaborador de RAM, depois ficou esquecido e só se confirmou com o lançamento do segundo episódio da série The Collaborators. Segundo Todd, foi muito difícil manter segredo.

  • Julian Casablancas: mais conhecido como vocalista da banda The Strokes, Julian também tem trabalhos solos e já colaborou com o N.E.R.D.  na faixa My drive Thru
Rumores dizem que tem mais parcerias a serem confirmadas. O jeito é aguardar, pois os robôs resolveram nos bombardear com boas notícias.

Daft Punk troca de gravadora

Surgiu nesta semana a notícia de que os Dafts assinaram contrato com a Columbia Records, filial da Sony Music.
Alguns sites divulgaram que, com esse contrato assinado, o lançamento do novo álbum estaria previsto para a primavera no hemisfério norte (entre março e junho). Nile Rodgers, uma das parcerias do Daft Punk neste novo álbum, publicou recentemente em seu site que seria possível ouvir a sua contribuição quando ele retornasse do Japão (entre março/abril). Já o The Guardian publicou que  o lançamento ocorrerá em maio. Ou seja, tudo indica que ouviremos novidade do Daft Punk ainda neste semestre!!!
Lembrando que ainda não há confirmação de tais notícias, tanto por parte das gravadoras como por parte do Daft Punk. O risco que nos decepcionarmos mais uma vez com uma notícia fake existe, mas tudo indica que não. O Nile Rodgers até compartilhou uma postagem a respeito dessa mudança de gravadora.

Então pessoal, preparem os seus ouvidos, as finanças e principalmente o coração. Estamos cada dia mais perto do 4° álbum!

Nova track ou novo fake?

Na última quinta-feira fomos surpreendidos com a divulgação de uma possível nova track do Daft Punk intitulada Emphazed. E como todos estamos ansiosos por novidades, a tal track se espalhou e ganhou destaque em diversos sites, alguns comemorando mesmo sem confirmação oficial e outros questionando a veracidade da autoria (no caso dos sites mais sérios). O próprio site responsável pela divulgação da track questiona a veracidade da mesma (http://www.indieshuffle.com/daft-punk-emphazed/)

O que posso dizer?

O Daft Punk Brasil está calejado de divulgar essas notícias; foi necessário criar uma tag especial para esses casos. Em alguns, até podemos lamentar que a tal track seja mesmo fake (raríssimos casos). Muitos acabam gostando dos fakes, como aconteceu com as tracks do tal The Third Twin, o caso de fake que mais me irritou pelo oportunismo. E é nesse ponto que quero chegar.
Por estar calejada, tomo cuidado antes de sair pulando e comemorando quando surge alguma notícia do Daft Punk que não venha de uma fonte confiável, e ainda assim corremos riscos (vide TsugiMag, fake e vergonha mor). Posso fazer uma lista de situações em que a alegria e esperança se tornam decepção e raiva. E por ser extremamente viciada em Daft Punk, acho que consigo identificar um fake ao ouví-lo, pois a tática adotada é bem obvia. Já criei uma teoria para isso:
Um aspirante a Dj oportunista gosta tanto do Daft Punk que ao invés de criar algo próprio ou fazer uma  mix descente “cria” uma música no mesmo estilo do Daft Punk e divulga no soundcloud e no youtube como se fosse dos Dafts. Foi o que aconteceu com os últimos fakes que ouvi: se prestar bastante atenção, você consegue ouvir elementos de várias outras músicas do Daft Punk.
Quem conhece e acompanha os trabalhos dos Dafts sabe que a cada álbum novo eles renovam. Na verdade, NÃO EXISTE UM ESTILO DAFT PUNK! Discovery não tem a pegada old school de sua antecessora, Homework. E Human After All não teve nenhuma pegada disco como teve Discovery (lembro-me de várias críticas a esse respeito na época, pois de fato a produção estava muito diferente). E aí, quando não sabíamos mais o que esperar, surge o Alive 2007, misturando as músicas dos álbuns anteriores para criar novas músicas! E OST de Tron Legacy? Quando vazou uma faixa todos acreditaram ser fake, pois de fato era muuuuito diferente do costumeiro estilo Daft Punk. E fomos surpreendidos novamente!
Nunca devemos esquecer que o Thomas Bangalter e o Guy Manoel são geniais. Vamos tomar cuidado com as notícias, músicas, informações de procedência duvidosa.

Por enquanto, o que temos de concreto é a parceria com o Nile Rodgers e o Giorgio Moroder, o que significa que vem bomba por aí. Os dois tem um pé na disco music e no rock (no caso do Rodgers). E os Dafts andaram aparecendo no show do A$AP Rock… terá hip hop na receita?

Não há data, música nova, nada confirmado. Então vamos continuar esperando, pois a cada dia nos aproximamos mais do tão aguardado 4° álbum!

Para quem teve paciência e interesse em ler tudo até aqui, o meu agradecimento e meus pedidos de desculpa. O blog andou desatualizado, mas estamos de olho em tudo que acontece para tentar mantê-los informados (:

O que todo fã de Daft Punk deve saber?

Lancei a seguinte pergunta no grupo Daft Punk no Facebook:

Queridos, me respondam por favor: o que todo fã de Daft Punk deve saber? Pretendo usar as respostas no blog. Desde já, grata pela colaboração =D

As respostas foram super produtivas, algumas geraram certa polêmica. Bom, segue aqui os principais comentários e as respostas mais relevantes.

  • Ediglê Kimera: Quando o Daft Punk vai acabar.

Respostas:

Thawan Mendes: Eles nunca vão acabar, eles são imortais, mas são humanos, apesar de tudo.
Aline Daftnik: ‎”quando o daft punk vai enferrujar” talvez

  • Victor Agnelli: Pelo menos cantar 3 musicas do Daft: “Around The World, Human After All e Television Rules The Nation”
  • Thawan Mendes: Que eles não são illuminati. E que existem mais álbuns alem do Discovery.
  • Rafael Silva: Nomes dos membros, discografia em ordem, mínimo de 6 samples, saber nome das influências, nome de gravadoras solo, nome de três singles lançados pelas tais gravadoras. Isso porque não exigi numeração de label, mais 3 nomes de samples dos solos de cada um, saber o nome dos personagens do Interstella.
  • Mohamed Ibrahin: Acho que um fã de verdade, não importa de qual artista que seja, deve saber que seu ídolo muitas vezes não vive apenas de uma música só (como muitos por aí fazem com a One More Time). Mas em alguns aspectos concordo com o Duck, como o nome completo dos dois, a discografia em ordem, estilo e influências musicais…
  • Guilherme Heinzelmann Benta: Que existe o Homework (ou algo antes do Discovery) hahahaha! Que Stronger não é 100% Kanye West! Que eles vieram antes de MSTRKRFT, Justice, Bloody Beetroots e afiliados… Essa é boa: QUE DECORAR TEACHERS É MAIS DIFÍCIL QUE TECHNOLOGIC HAHAHAHAHA! Que no fim das contas os Cães é que pegam as mais gatinhas e dirigem os melhores carros XDDD. (referência ao Charlie) Que não são só os fãs de Gun ‘n’ Roses que sofrem a espera de álbuns novos 😛
  • Alisson José: Quem canta Face to Face
Todd Edwards
  • Rafael Lucas: que o pai do Thomas (Daniel Vanguarde) tem 6 dedos no pé (aprendi com a Adriana Pelli) hehehehe; que Daft Punk não tem nenhum parentesco com os Power Rangers.

  • Junior Almeida: Que Daft Punk não se resume a somente “One More Time”! 😉
  • Adriana Pelli: Que o Thomas e o Guy estão em um relacionamento sério comigo então ninguém pode sequer TENTAR roubá-los de mim. Como pronunciar o nome do Guy corretamente.

Respostas:
Rafael Silva: Guillaume Emmanuel de Homem Christo (pq se fosse mulher seria “de Mulher Maria” – Guiga)
Adriana Pelli: tem gente que pronuncia “guy” da mesma maneira que se pronuncia em inglês.

(depois de muita polêmica, ficou acertado que a pronúncia correta é “Guí-man”, por se tratar de uma abreviação do nome completo dele,  Guillaume Emmanuel. E o “Y”? Enfeite.)

  • Victor Agnelli: Que Tron não é um filme da Disney e sim um clipe do Daft Punk, patrocinado pela Disney!
  • Geovanne Martins: Todo fã de Daft Punk deve saber que os Crescendolls não se chamam “donequinhos azuis”. XD

uma das pérolas da comu do orkut





E pra vocês, o que todo fã do Daft Punk deve saber?

The Third Twin: é ou não é?

Um dos mistérios que vem deixado os fãs do Daft Punk muito curiosos e confusos diz respeito ao The Third Twin.

A história é a seguinte: antes do lançamento da ost de Tron Legacy, circulavam pela rede faixas e mais faixas que diziam ser músicas que haviam vazado da trilha do filme. A confusão estava feita, graças à semelhança de algumas dessas músicas com o som produzido pelos dafts (principalmente com as de Discovery). Depois de certo tempo, algumas músicas foram atribuídas a um duo chamado The Third Twin (aka TTT). Essa história poderia ter um final feliz se não fosse por alguns detalhes: o tal TTT não possui informações concretas e eles camuflam sua identidade através de imagens distorcidas (tal qual como o Daft Punk no início da carreira).

Além disso, começaram a surgir boatos de que a Disney havia rejeitado uma boa parte das músicas produzidas pelos dafts para a trilha sonora de Tron, pois queriam algo mais “orquestral” e “menos eletrônico”.  Se era isso mesmo que a Disney queria, o Daft Punk cumpriu a tarefa muito bem e a trilha acabou ganhando mais destaque e elogios da crítica do que o próprio filme.

Essa história de a Disney ter banido algumas músicas para a OST também não para por aí. Dizem que, “revoltados” com isso, o Daft Punk decidiu vazar as músicas rejeitadas e para não haver problemas legais, atribuiu essas músicas como sendo do TTT. Ou seja, TTT na verdade seria o próprio Daft Punk.


Outra teoria é que as músicas não são da trilha sonora de Tron, e sim músicas que vazaram do próximo álbum. Há também a teoria de que são músicas de Daft Punk que não entraram em álbuns anteriores e foram liberadas antes do lançamento da trilha sonora de Tron.


No canal do TTT no youtube tem um vídeo em que aparece o Daft Punk (ou seriam os próprios gêmeos usando seus capacetes feitos em 17 meses?)

Muitos acreditam nessas teorias. Eu particularmente acredito que seja mais um fake (se é que minha opinião importa hehehe). Não acredito que as músicas do TTT seja “a sobra” da ost de Tron, pois o som pode lembrar bastante Daft Punk em Discovery, mas não podemos esquecer do salto sonoro que eles deram em Human after all e no Alive 2007. Sem contar que Derezzed, música mais eletrônica da ost, não lembra em nada Discovery. Então porque o Daft Punk passaria por esse retrocesso?

Quanto a história de ser músicas que não entraram nos álbuns anteriores, esta pode até fazer mais sentido, mas acho pouco provável. As músicas do TTT são boazinhas, mas arrisco dizer que tem gente se aproveitando da situação e que isso não passa de uma grande jogada de marketing. Nem as imagens que temos do TTT lembra o Guy-man e o Thomas sem os helmets.

E você, acredita que o TTT seja a identidade secreta do Daft Punk???

Shows do Daft Punk? Nem tão cedo…

Muitas pessoas têm dúvidas se o Daft Punk continua fazendo apresentações, quando será a próxima ou até mesmo se o duo acabou, por causa desse sumiço. A seguinte reportagem publicada dia 12/02 na Folha Online responde em parte a estas indagações:

Fãs do Daft Punk compram ingressos para show falso em Xangai

da Efe, em Xangai

Milhares de pessoas compraram ingressos para assistir a um show falso do grupo francês Daft Punk, que supostamente aconteceria amanhã em Xangai, na China.

Cerca de 3.800 pessoas foram vítimas do golpe, segundo informaram várias páginas e fóruns da internet. Os golpistas teriam arrecadado o equivalente a R$ 628.000; o preço do ingresso foi vendido a R$ 166. Cerca de 20 pessoas fizeram uma manifestação em frente a uma delegacia de polícia de Xangai, exigindo que as autoridades investigassem o caso.
Os rumores de que o Daft Punk faria um show na cidade chinesa começaram depois da entrega do Grammy no último domingo (8), em que levaram dois prêmios para casa.

Uma página da rede social Facebook avisava no mesmo dia que “a mítica banda eletrônica Daft Punk virá a Xangai para uma noite muito especial na sexta-feira, 13 de fevereiro”, e que se apresentaria em um local que ficaria mantido em segredo até sexta. O mesmo site anunciava o preço das entradas, divulgando endereço onde comprá-las e um número de telefone.

Alguns estrangeiros residentes em Xangai que foram à delegacia ontem à noite declararam que os autores da fraude são um cidadão francês e outro suíço, que contrataram outra pessoa para fazer a página e quatro chineses encarregados de vender os ingresso.

Para quem ainda tem dúvidas,o Daft Punk não faz mais shows desde 2007. Nadica de nada… mas esse sumiço é normal se tratando dos Dafts. Já se sabe que eles estão em estúdio gravando o novo album, que talvez seja lançado ainda este ano. É o que todos esperamos, junto com uma nova turnê mundial e nova passadinha pelo Brasil.

Sempre é bom lembrar de olhar as atualizações (quase raras) no site oficial(www.daftalive.com). Melhor do que ser enganado…

Turnê no Brasil? Senta e espera

As comunidades do daft Punk no Orkut me servem como um “termômetro” para saber das novidades, do q as pessoas têm dúvidas e gostariam de saber. Aliás, elas são uma ótima ferramenta para atualização e divulgação de informações, pois mta gente (os “caras” q manjam td de Daft Punk, por exemplo) postam no orkut e não quiseram ser membros do blog. Eu até entendo: no orkut, o retorno é mais rápido.

Pois bem, esse tópico responde às perguntas:

* Daft Punk ainda está em turnê?
* Quando eles farão shows no Brasil?
* O Daft Punk acabou? Eles naum estão fazendo mais shows…

O último álbum lançado por eles foi o Alive 2007. Como o próprio nome já diz, é um cd ao vivo, diferente de Alive 1997 (q só tinha faixas de Homework), esse faz um “mix” (ou remix) de faixas de “Human After All”, “Discovery” e até do dinossauro “Homework”. Esse cd é resultado da última turnê (“última”=”mais recente”≠”definitivo”) realizada pelos Dafts pelo mundo à fora.

Depois de 10 anos e após o lançamento de Human after all, eles decidiram sair em turnê e, graças ao Bom Deus, incluiram o Brasil em 2006 no Tim Festival.

Eles não faziam turnê há 10 anos pelo mesmo motivo do Kraftwerk, que era impossível levar para a estrada toda a parafernália necessária para reproduzir o que colocam nos discos. Hoje a tecnologia chegou ao ponto de permitir isso, daí eles decidiram sair em turnê e se confessaram muito surpresos com a reação das platéias, porque não tinham a menor idéia do que iam encontrar.

Essa foi a última turnê. Naum há previsão para novos shows e isso naum qr dizer q o daft Punk tenha acabado. Eles estão em estúdio gravando. Tá certo, tá demorando demais, mas é assim q eles trabalham. De um álbum para o outro há um intervalo de mais ou menos 4 anos. “Human…” foi lançado em 2005, então talvez ano q vem tenha alguma novidade (isso é especulação!)

Se farão novas turnês, se virão ao Brasil novamente e se tocarão em Cabrobró, só Deus sabe. Vamos rezar e mentalizar positivo.

Espero ter ajudado.

Perguntas freqüentes

Através da comunidade do Daft Punk no Orkut, percebi q mtas pessoas (principalmente as q conhecem o DP a pouco tempo) têm algumas dúvidas e sempre fazem as mesmas perguntas, do tipo:

 O clipe de “One more time” tem continuação?
 Qual a continuação dos clipes de animação?
 Qual é a ordem dos clipes de animação?

Pois bem, para facilitar a vida de td mundo, aí vão as respostas:

O clipe “One more time” tem continuação SIM. As continuações “comerciais” podem ser encontradas em “Aerodynamic” (qdo eles serão sequestrados), “Digital Love” (qdo o cara descobre q eles foram sequestrados e viaja pelo espaço para resgatá-los) e “Harder, Better, Faster, Stronger” (qdo eles têm a aparência e as lembranças modificadas). Eu digo comerciais pq estes são os 4 vídeos lançados para promover o álbum.

Mas tem qm chega à HBFS e fica frustrado pq a história naum tem fim…

Pois bem, como o DP é genial, eles fizeram um longa em parceria com o desenhista de animação japonesa Leiji Matsumoto e lançaram o maravilhoso movie INTERSTELLA 5555: THE 5TORY OF THE 5ECRET 5TAR 5ISTEM. Lá vc encontra a história completa.

P= E qual é a ordem dos clipes, meu deos???
R= A mesma do álbum Discovery. Pra naum ter q ir ao google e passar horas procurando as faixas, aí vai:

1. “One More Time”
2. “Aerodynamic”
3. “Digital Love”
4. “Harder, Better, Faster, Stronger”
5. “Crescendolls”
6. “Nightvision”
7. “Superheroes”
8. “High Life”
9. “Something About Us”
10. “Voyager”
11. “Veridis Quo”
12. “Short Circuit”
13. “Face to Face”
14. “Too Long”

Pronto!!

Agora se vc vier me perguntar onde pode axar Interstella eu te dou 3 caminhos:
1- Entre no site da Americanas.com, Saraiva, Amazon, Fnac, etc e compre o DVD. Naum tá tão caro.
2- Vá no
Youtube e pesquise. Os vídeos estão separados em capítulos numerados. Um saco assistir assim, mas é melhor do q nada.
3- Baixe com programas específicos, como o Limewire, Kazaa (ainda existe?), etc. Para axá-los: www.superdownloads.com.br

Espero ter ajudado. Se ainda assim restar alguma dúvida, tente www.google.com.br e pesquise. O ser humano só evoluiu pq foi atrás do conhecimento.

So long!