Arquivo da tag: entrevista

"Estou destruindo eles agora. Desculpe, Daft Punk"

Depois do Liam Gallagher (ex-Oasis) conseguir um pouco de atenção na mídia ao declarar que “Get Lucky” poderia ser escrita em uma hora, mais um nome de destaque no meio musical tem chamado a atenção através de declarações sobre o Daft Punk.
A frase no título da postagem foi dita pelo DJ holandês Tiësto. Em entrevista ao jornal Huffington Post, o DJ lançou várias críticas ao Daft Punk. Todo o alvoroço e sucesso alcançado por Random Access Memories parecem que tem incomodado o DJ considerado como o “mais rico do mundo”.

O disco chamou tanto a atenção porque é diferente e um álbum de atitude. É legal gostar do Daft Punk. Mesmo se você não gosta da música, assim que ouve “Get Lucky” você vê todas as pessoas descoladas falando “Oh, sim, isso é legal, essa é a minha música” e eles nem estão aproveitando.

Como se não bastasse, Tiësto estendeu suas críticas a trabalhos anteriores dos robôs, afirmando que gosta muito dos trabalhos antigos como o álbum Homework e das produções do Thomas Bangalter para a Roulé, onde, segundo Tiësto, foram feitas algumas “músicas incríveis”. Porém, ele não gostou da trilha produzida pelos Dafts para o filme Tron: o legado:

A trilha sonora de “Tron” não era tão boa e isso (R.A.M) também não é tão bom. Mas porque é o Daft Punk e teoricamente eles são descolados e eles tiveram a incrível pirâmide no Coachella há alguns anos e os capacetes – eles são descolados pra cacete. Mas a música não faz jus ao hype.

Pediram que ele discorresse sobre o comentário de que pessoas descoladas fingem gostar de Daft Punk, Tiësto disse que percebeu isso em uma festa, ao tocar “Get Lucky” as meninas logo ficaram animadas e começaram a dançar, então ele aproveitou para se aproximar e perguntar se elas realmente gostavam da música. Como elas não responderam, ele concluiu que só por ser Daft Punk, temos que achá-los legais para sermos descolados.
Como fã de Daft Punk, não tem como não achar que há uma pitada de recalque nisso tudo. Não acompanho o trabalho do Tiësto, mas apesar da sua popularidade e fortuna adquirida através da música eletrônica, acredito que dificilmente ele atingirá o feito que o Daft Punk conseguiu em 20 anos, muito menos o sucesso imediato que RA.M. ou “Get Lucky” conseguiu em tão pouco tempo.
E vocês, o que acham?

20 anos de Daft Punk – podcast

O Humanoides, site sobre cinema, música e entretenimento em geral, convidou a gente da Daft Punk Brasil para gravar o seu segundo podcast, e o assunto não poderia ser melhor: DAFT PUNK!
Falamos sobre como surgiu a nossa paixão pelos robôs, curiosidades, histórias engraçadas e sobre Random Access Memories. O resultado ficou bem bacana. O Charles, cachorro que aparece nos clipes de Around the world e Fresh, fez uma participação especial logo no começo hahaha!
Para conferir, é só clicar no link.

The Collaborators – episódios 7 e 8: DJ Falcon e Paul Williams

Esta semana foi pro ar os episódios 7 e 8 da série The Collaborators, com o Dj Falcon e o Paul Williams.

Dj Falcon conta um pouco sobre a sua experiência e sobre a sua amizade com o Thomas e o Guy-man, já que da lista de colaboradores ele é o que conhece os dafts há mais tempo, desde quando eles estavam começando.

Já o Paul Williams é um músico e compositor americano que tem como trabalhos mais conhecidos uma composição para o filme dos Muppets na década de 70. Ele faz algumas comparações sobre como ele encarava a fama com o jeito que o Daft Punk prefere manter a privacidade, deixando sobressair o seu trabalho e não a sua imagem.

The Collaborators ep. 5: Panda Bear

Saiu hoje o quinto episódio da série The Collaboratos com o músico Panda Bear, um dos integrantes do grupo Animal Collective.

Panda Bear conta que passou a fazer uso de máscaras e manipulação de voz em seu trabalho após ver o vídeo de Around the world pela  primeira vez, além de falar sobre como foi trabalhar com o Daft Punk.

Confira:

The Collaborators – ep 4: Pharrell Williams

Saiu mais um episódio da série com os colaboradores de RAM, agora com o Pharrell Williams.
O músico conta que conheceu o Daft Punk num show da Madonna e praticamente implorou para que pudesse colaborar no trabalho dos robôs, nem que fosse tocando tamborim haha! Também fala sobre a sua empolgação de trabalhar com Nile Rodgers e sobre o resultado da track Get Lucky.

Confira!

The Collaborators Serie – Episódio 3: Nile Rodgers

Finalmente saiu mais um episódio da série, desta vez com o primeiro colaborador do novo álbum que tivemos notícia. E desde o começo o Nile demonstrou o seu entusiasmo e admiração pelos Dafts, chegando a colocá-los no mesmo patamar do David Bowie.
No vídeo é possível conhecer mais um pouco sobre  a trajetória musical de Nile Rodgers desde seu início na banda de disco music Chic e sobre como foi a sua participação na produção de outros artistas. 

Recomendo assistir o vídeo na íntegra, pois os segundos finais é a melhor parte hahaha!